Trilho na Linha do Douro (Barca d’Alva – Pocinho)

Visitar Foz Côa Douro Vinhateiro Portugal

Trilho na Linha do Douro (Barca d’Alva – Pocinho)

Já foi há algum tempo que fiz este trilho com um grupo de amigos, mas uma experiência como esta deve ser partilhada. O que é hoje o trilho que liga Barca d’Alva ao Pocinho, foi durante 100 anos, o meio de transporte (através do caminho de ferro – Linha do Douro: Ermesinde-Barca d’Alva) que ligava estas duas povoações. Com o encerramento desse troço em 1988, a linha foi abandonada e entrou em processo de degradação.

No entanto, isto criou uma oportunidade única de explorar este território através de pé posto. As imagens que nos vão irrompendo são únicas, começando pelo rio Douro, o grande responsável pela transformação paisagística deste vale. Seguem-se as áreas ainda virgens, não tocadas pela mão do homem, caracterizadas pelos grandes rochedos e declives acentuados. Do outro lado da margem vão surgindo os famosos patamares agrícolas com plantação de vinha, amendoeira e oliveira.

Este percurso também proporciona uma passagem transversal por dois tipos de arquitectura: a arquitectura dos transportes, presente nas várias pontes, túneis e estações ferroviárias (Barca d’Alva, Almendra, Castelo Melhor, Côa e Pocinho) e a arquitectura popular, vertida nas casas agrícolas e nos famosos pombais que floresceram no Douro durante o séc. XIX até aos inícios do séc. XX, que permitiram a produção de largas quantidades de fertilizante aplicadas na agricultura. Além disso, os pombais constituíam uma importante fonte de produção de carne (borrachos) para os seus proprietários.

O aspecto menos positivo deste trilho é a elevada quantidade de gravilha existente no piso, o que dificulta por vezes a nossa locomoção.

Penso que no futuro, será vital revitalizar este troço, seja de restaurar a linha férrea para fins turísticos ou adaptar o traçado para trilho pedestre, removendo a gravilha, ficando apenas a terra batida. De qualquer forma, esta é uma experiência que não deve deixar de fazer para desfrutar de uma das regiões mais belas no planeta: o Douro Vinhateiro.

Douro Vinhateiro Linha do Douro Turismo
Ponte ferroviária na Linha do Douro
Trekking Douro Vinhateiro Barca D'Alva - Pocinho
Rio Douro e paisagem envolvente
Visitar Vila Nova de Foz Côa - Douro Vinhateiro
Estação ferroviária de Almendra
Visitar Foz Côa Douro Vinhateiro Turismo
Estação de Castelo Melhor
Trilhos Pedestres Douro Vinhateiro Portugal
Túnel
Paisagem Douro Vinhateiro Portugal
Paisagem agrícola duriense
Linha do Douro Foz Côa Portugal
Estação do Pocinho
Linha do Douro Pocinho Foz Côa Portugal
Estação do Pocinho

Estação do Pocinho

Estação do Pocinho Foz Côa Portugal Douro Vinhateiro
Estação do Pocinho em Vila Nova de Foz Côa

Estação do Pocinho

Informações úteis

Como chegar

Acesso a Barca d’Alva pela EN221 que liga Freixo de Espada à Cinta a Figueira de Castelo Rodrigo. Outra opção é pela EN325 a partir de Torre de Moncorvo, com corte em Ligares.

Inicio / fim

O trilho tem inicio na antiga estação de comboio de Barca d’ Alva e termina na estação do Pocinho, em Vila Nova de Foz Côa. Também pode fazer no sentido inverso.

Distância e duração

Aprox. 30km  / entre 7 a 8 horas.

Dificuldade

Média/difícil. Leve bom calçado para a caminhada e água para refrescar.

Onde dormir

Pernoitei num alojamento local em Barca d’Alva. Quarto individual com pequeno almoço 30 euros. Ficou combinado com o dono do alojamento de nos recolher na estação do Pocinho e trazer-nos de volta a Barca d’Alva.



Booking.com

Mapa: Inicio e fim do Trilho

Facebook Comments

Deixar uma resposta