Dicas para visitar Dubrovnik – Croácia

Visitar Dubrovnik Croacia Croatia

Dicas para visitar Dubrovnik – Croácia

Conhecida como a “Pérola do Adriático”, Dubrovnik é uma cidade no sul da Croácia que, geograficamente, forma um enclave, sendo “abraçada” pela Bósnia e Herzegovina a Norte, por Montenegro a Sudeste e pelo Mar Adriático a Oeste. Povoada desde tempos pré-históricos, foi durante a Idade Média, nomeadamente a partir do séc. XIII, que começou a ganhar uma posição de destaque na Europa devido à sua poderosa industria naval.

Por essa altura, Dubrovnik já assumia a forma urbana que ainda hoje a caracteriza: uma cidade costeira de pequenas dimensões, densamente povoada por edifícios e ruas estreitas e protegida por uma espessa linha de muralhas. Este crescimento económico, politico e cultural levou à criação da cidade estado de Ragusa em 1358, a única no Adriático, até ser conquistada e dissolvida por Napoleão em 1808.

O valioso “recheio” arquitectónico de Dubrovnik, com destaque para os seus edifícios góticos, renascentistas e barrocos, levou em 1979 a Unesco a classificar o seu Centro Histórico a Património Cultural da Humanidade. No inicio dos anos 90, decorrente da Guerra da Independência da Croácia, a cidade foi cercada pelo exercito jugoslavo, e durante 7 meses  foi alvo de ataques aéreos, sofrendo graves danos em vários edifícios e perdas humanas (soldados e civis).

Com o final da guerra, a cidade iniciou a sua reabilitação e abriu-se ao turismo, começando a fazer parte de grandes rotas de cruzeiros do Mediterrâneo. Mas, foi uma série televisiva, a famosa “Guerra dos Tronos”, que despoletou uma verdadeira peregrinação a Dubrovnik nos últimos 5 anos. Na série Guerra dos Tronos, a cidade de Dubrovnik é na realidade King´s Landing, a capital de Westeros, o espaço do rei e dos seus súbditos e o local perfeito para as grandes conspirações que apaixonaram os seus fieis espectadores e que alimentaram a curiosidade dos aficionados a visitar a “cidade real”.

 

qual a melhor época para visitar Dubrovnik?

Os melhores meses para esta viagem são entre Abril e Outubro. Já estive duas vezes neste destino, sendo a primeira viagem em Março (com amigos), onde se andava muito bem na cidade, com pouca gente e a segunda em Julho (em família), ou seja, precisamente o oposto. As temperaturas no final da Primavera e inicio do Verão são agradáveis e a água cristalina só nos dão vontade de ir mergulhar, o problema são a subida dos preços do alojamento e da restauração, principalmente em Julho e Agosto.

Época visitar Dubrovnik
Fim de tarde muito agradável no final do Inverno em Dubrovnik
Dubrovnik Turismo
Visitar Dubrovnik em época baixa tem outro encanto
Melhor altura visitar Croacia
Um dia de Verão em Lapad – Dubrovnik

 

como chegar a Dubrovnik?

Dubrovnik é servida pelo Aeroporto Internacional. A partir da cidade existem várias ligações diárias por autocarro e táxi (mais caro) e a viagem demora cerca de 40 minutos. O preço do transfer do autocarro para o centro do Dubrovnik custa à volta de 5 a 7 euros. Em alternativa, pode utilizar o shuttle.

Pesquise voos baratos para a Croácia com a Skyscanner

 

quantos dias para visitar Dubrovnik?

Pela minha experiência e dependendo do que quer fazer, é preciso no mínimo 3 dias no Inverno e 4 dias no Verão para desfrutar de algum tempo na praia ou fazer uma actividade na natureza.

Antes da viagem, faça um roteiro dos sítios a visitar, mas deixe algum espaço livre para improvisar e fazer algo que não está nos seus planos, até porque durante a viagem vão surgindo locais que não aparecem nos roteiros de turismo e podem ser surpresas muito agradáveis onde iremos passar um tempo extra. Por exemplo, estive mais dias em Dubrovnik do que o normal porque aproveitei para fazer daytrips à Bósnia e Herzegovina e a Montenegro.

Centro Histórico Dubrovnik
Vale a pena perder-se pelo centro histórico da cidade e explorá-lo com calma
Guerra dos Tronos fotos
Se é fã da série Guerra dos Tronos locais irá lembrar-se de locais como esta escadaria
Dubrovnik Unesco
Se quiser visitar alguns dos museus precisará no mínimo de 2 dias para visitar a cidade

 

vistos

Para entrar na Croácia não é preciso visto (para estadias inferiores a 3 meses) e o cartão de cidadão é suficiente, embora o passaporte seja aconselhável, se pretender viajar para outros países vizinhos. Apesar da recente adesão à União Europeia, a Croácia ainda não pertence ao Espaço Schengen, logo terá que passar pelo controlo de fronteiras. Os cidadãos brasileiros precisam de apresentar passaporte válido mas não necessitam de visto de turismo para estadias inferiores a 90 dias.

Bandeira Croácia
Bandeira da Croácia

 

segurança em Dubrovnik

Dubrovnik é uma cidade muito tranquila, perfeita para quem quer viajar com crianças. Este foi um dos primeiros destinos fora de Portugal para onde viajei com o meu filho e o sentimento de segurança esteve sempre presente. Os níveis de criminalidade são muito baixos e mesmo à noite o ambiente é seguro. Não obstante, usar sempre o senso comum perante determinadas situações (olho nas bagagens, carteiristas, etc.)

Croácia viajar com crianças
Dubrovnik é uma cidade segura e ideal para viagens em família
Viagens em família
Dubrovnik é uma cidade segura e ideal para viagens em família
Cidade Dubrovnik
Algumas atracções no centro histórico para divertir os mais pequenos

 

alojamento / onde dormir em Dubrovnik?

Na cidade de Dubrovnik existe uma enorme oferta de alojamento (mais de 1000), sendo a maioria caracterizada pelos alojamentos locais e apartamentos. Grande parte dos edifícios no centro histórico da cidade foram convertidos para fins turísticos. Quem prefere maior luxo e conforto pode aceder a uma excelente rede de hotéis que primam pela boa pontuação no portal de reservas Booking. Eu fiquei instalado no B&B Villa Dubrovnik Garden. Recomendo.

Hotel Booking Dubrovnik Croacia
Exterior do alojamento (foto booking)
Reservar Hotel Dubrovnik
Quartos (foto booking)

Reserve aqui o seu alojamento para Dubrovnik

Booking.com

dinheiro

A moeda oficial da Croácia é o kuna. 1 kuna vale aproximadamente 0,13 eurosNo centro da cidade existem várias casas de cambio onde pode fazer troca de moeda. Os cartões de crédito como VISA e Mastercard são aceites e as máquinas multibanco também são fáceis de encontrar. 

 

Dubrovnik Card, vale a pena comprar?

O Dubrovnik card é um cartão que permite entrada gratuita em 5 museus, galerias de arte, descontos em restaurantes e algumas viagens incluídas em transporte publico. Ainda recebe um guia de viagem para a cidade (cerca de 150 páginas). Eu comprei o passe para 3 dias (cerca de 20 euros) mas compensou a nível financeiro e poupança de tempo. Pode ser comprado nas agências de viagem e nos postos de turismo oficiais. Recomendo.

Posto Turismo Dubrovnik
Posto de Turismo onde comprei o Dubrovnik Card
Posto de Turismo
Posto de Turismo onde comprei o Dubrovnik Card

 

Dicas de alimentação / restaurantes em Dubrovnik

Existem muitos restaurantes no centro histórico da cidade, mas os preços são muito caros. Para almoçar barato e ficar bem servido recomendo um tasquinho chamado Sandwich Bar localizado na Ul. branitelja Dubrovnika, a uns 100m do Posto de Turismo. Por cerca de 5 euros almoçava um bom kebab servido com vinho croata.

Uma opção para jantar barato é deslocar-se para a parte nova de Dubrovnik em Lapad (a pé ou de autocarro). Existem vários bares, pizzarias e outros restaurantes com preços mais acessíveis que na cidade velha.

Visitar Dubrovnik - onde comer
Vinho croata no Sandwich Bar

 

que locais e atrações a visitar em Dubrovnik

– Muralhas da cidade velha

Uma espessa e extensa linha de muralhas com quase dois quilómetros de extensão, protegida por seis fortalezas. A sua época de construção situa-se entre os séculos XII e XVII. Existem várias portas, entre as quais a Pile Gate é a mais conhecida. Visitar esta estrutura militar é um dos pontos altos da viagem a Dubrovnik. Faça aqui a reserva do seu tour.

Muralhas Dubrovnik Turismo Croácia
Muralhas de Dubrovnik
Muralhas Dubrovnik Unesco
Tour realizado pelas muralhas
Tours Dubrovnik
Muralhas da cidade

– Teleférico

Outra das grandes atracções da cidade é o teleférico. Em pouco mais de dois minutos percorre cerca de 420 metros até ao ponto mais alto da cidade, o monte de São Sérgio (monte Srđ), a partir do qual obtemos umas vistas privilegiadas para o centro histórico e para território montenegrino e bósnio. Pode reservar aqui o seu bilhete.

Teleférico Dubrovnik
Teleférico
Cable Car Dubrovnik
Teleférico

Marina 

A marina localiza-se na parte leste da cidade. Neste local estão estacionados inúmeros barcos de recreio, a maioria de pequena dimensão. Pode visitar o Museu Marítimo que se situa numa das pontas. Se quiser visitar a ilha de Lokrum, saem daqui muitas excursões.

Marina de Dubrovnik
Marina
Marina Croácia
Barcos na Marina
Marina Dubrovnik
Turistas a desfrutarem da vista para a Marina

– Museu Marítimo

O Museu Marítimo está inserido na antiga fortaleza de S. João (Tvrđava Sv. Ivana), uma torre militar do séc. XIV que fecha todo o complexo de muralhas na parte sudeste da cidade velha e cuja função passava pela protecção da entrada no porto marítimo. Foi inaugurado em 1949 e possui uma exposição permanente relacionada com a mais importante actividade desta cidade, as trocas comerciais via marítima. Veja aqui o artigo completo sobre o museu.

Maritime Museum Dubrovnik
Interior do Museu Marítimo
 Museu Marítimo de Dubrovnik
Museu Marítimo de Dubrovnik
 Museu Marítimo Croácia
Exposição no Museu Marítimo

– Fonte de Onofrio

Um dos monumentos mais carismáticos de Dubrovnik é a Fonte de Onofrio. Construída entre 1438 e 1440, a Fonte é um repositório de água com dezasseis bicas encimado por uma cúpula, feita por um artista de Milão. Cada bica tem um design único apresentando uma face mascarada esculpida em pedra.

Visitar Dubrovnik Onofrio Fountain Croatia
Fonte de Onófrio
Fonte de Onofrio Dubrovnik
Fonte de Onofrio
Fonte de Onofrio Dubrovnik
Detalhe dacara esculpida da Fonte de Onofrio

– Photography War Museum

Museu da Fotografia Dubrovnik
Museu da Fotografia da Guerra

– Sponza Palace

Situado na Praça Luža, o Palácio Sponza é um edifício conhecido pelos belos detalhes arquitectónicos na fachada principal. Datado de meados do séc. XVI, mistura elementos do gótico tardio com arte renascentista. Foi sede de vários serviços ao longo dos anos desde alfandega, banco, tesouraria e escola. Hoje em dia, alberga os arquivos de Dubrovnik.

Sponza Palace Heritage Dubrovnik
Palácio Sponza

– Museu de História Natural

– Casa de Martin Drizc

Casa de Martin Drizc
Casa de Martin Drizc
Martin Drizc House Visitar Dubrovnik
No interior da Casa de Martin Drizc
Martin Drizc
Exposição na Casa de Martin Drizc

– Museu Etnográfico

Museu Etnográfico Dubrovnik
Museu Etnográfico – não é permitida a fotografia no interior
Dubrovnik Museus
Vista sobre a cidade a partir do Museu Etnografico

– Palácio dos Reitores

Visitar Dubrovnik Rector's Palace Dubrovnik Croatia
Palácio dos Reitores
Palácio dos Reitores
As belas arcadas do Palácio dos Reitores

– Catedral da Assunção

Catedral em Dubrovnik VisitCroatia
Catedral da Assunção

– Igreja de St Blaise

A Igreja de St. Blaise é um dos edifícios religiosos mais importantes da cidade uma vez que é o santo padroeiro de Dubrovnik. O templo actual foi construído no inicio do séc. XVIII, substituindo uma igreja medieval. Um dos elementos com mais destaque é a abóbada central.

St Blaise Church Dubrovnik Croatia
Igreja de St Blaise

– Igreja de Santo Inácio

Igreja jesuíta situada junto de uma das escadarias mais famosas de Dubrovnik (surge várias vezes na série Guerra dos Tronos). Este templo dedicado a Santo Inácio foi construído entre 1699 e 1725.

Dubrovnik Igreja
Igreja de Santo Inácio
Igreja Jesuita Dubrovnik
Interior da Igreja de Santo Inácio

– Fortaleza de Dubrovnik

Heritage Croatia Travel Photos
Fortaleza
Interior da fortaleza de Dubrovnik
Dubrovnik Fortaleza
Interior da fortaleza de Dubrovnik
Fortaleza de Dubrovnik
Interior da fortaleza de Dubrovnik
Dubrovnik  Fortress
Interior da fortaleza de Dubrovnik
Dubrovnik Forte
Interior da fortaleza de Dubrovnik

– Ruínas arqueológicas

Ruínas Arqueológicas Dubrovnik
Ruínas arqueológicas no centro histórico da cidade
Arqueologia Dubrovnik
Painel informativo das ruínas arqueológicas

 

praias em Dubrovnik

Dubrovnik é uma região com uma oferta razoável de praias. Porém, não é aqui quem vai encontrar aqueles areais extensos de areia fina e dourada. Esta parte da costa da Croácia é caracterizada por praias de pequena dimensão e areia muito grossa ou mesmo constituída por pedras e seixos. O ideal é levar para umas sandálias para não magoar os pés.

Praia Banje

esta praia é a mais próxima do centro histórico, a cerca de 5 minutos a pé. É um pequeno areal com uma vista magnifica para a ilha de Lokru. O acesso fácil faz desta praia a mais concorrida da cidade, havendo pouco espaço para as pessoas em certas horas do dia. Tem um bar – restaurante que oferece também serviço de chapéus de sol – espreguiçadeiras (a preços exorbitantes)

Praias Croácia
Praia Banje com vista para a ilha de Lokrum
Praia Banje
Praia Banje com vista para a ilha de Lokrum
Praia Banje Croácia
A confusão de gente na praia de Banje

Praia de Lapad

Esta praia situa-se na zona de Lapad, onde estive alojado da segunda vez. De dimensões maiores não tem tanta confusão como a Praia Banje, mas não tem tanto areal.

Praia Lapad Croácia
Praia de Lapad
Praia de Lapad Croácia
Praia de Lapad

Praia Copacana 

Praia situada no norte de Lapad, ficando a cerca de 20 minutos a pé do centro. Das três que visitei é a que tem a areia mais branca e é a menos concorrida, embora o acesso não seja muito fácil.

Copacabana Lapad
Praia de Copacabana em Lapad
Praia Copacabana Dubrovnik
Praia de Copacabana
Praia Copacabana Croácia
Praia de Copacabana

 

transportes

Autocarro – A rede de transportes públicos é muito eficiente. Na compra do Dubrovnik card vêm incluídas 10 viagens. Ao entrar no autocarro é só validar o bilhete na maquina. Na minha viagem apenas utilizei este meio de transporte.

Táxi – Meio de transporte mais dispendioso. Existe uma praça de táxis frente ao Pile Gate.

Alugar carro – É uma boa forma para conhecer outras cidades como Cavtat, ou Mostar na Bósnia Herzegovina ou Kotor em Montenegro.

Não existem ligações ferroviárias em Dubrovnik.

Transportes Dubrovnik
Transporte publico em Dubrovnik

 

tours e actividades em Dubrovnik

Em Dubrovnik poderá fazer imensas actividades nas mais variadas temáticas: walking tours, natureza, day trips, gastronomia entre outros. Veja aqui os mais conhecidos:

Day tour – Mostar e Cascatas de Kravice (Bósnia e Herzegovina). Reserve aqui.

Tour – Guerra dos Tronos. Reserve aqui.

Tour – Ilha de Lokrum. Reserve aqui.

Walking Tour – Centro Histórico de Dubrovnik. Reserve aqui.

Day tour – Dubrovnik a Kotor e Budva (Montenegro). Reserve aqui.

Day Tour – Dubrovnik às Ilhas Elafiti. Reserve aqui.

Actividade – Kayak em Dubrovnik. Reserve aqui.

 

Outras informações utéis

saúde

O sistema de saúde pública na Croácia está avaliado ao nível dos padrões europeus. Quem viajar para Dubrovnik deve estar munido, no mínimo, pelo CESD (Cartão Europeu de Seguro de Doença) mas será mais aconselhável estar munido de um seguro de viagem/saúde.

acesso à internet

O acesso à Internet em Dubrovnik é bom. Nos hotéis, restaurantes e cafés o WiFi é gratuito.

língua

A língua oficial é o croata, mas a grande parte dos locais que tem contacto com os turistas fala o inglês.

 

Mapa de Dubrovnik

Mapa Dubrovnik
Mapa de Dubrovnik

 

 – ORGANIZAR A SUA VIAGEM

Alojamento

Alojamento 

Alugar carro

Reserve aqui o seu automóvel 

Seguro de viagem

Faça aqui o seu seguro de viagem

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email

Gostou deste artigo? Guarde no seu Pinterest

Facebook Comments

4 Replies to “Dicas para visitar Dubrovnik – Croácia”

  1. Nossa, não sabia sobre a isenção do visto. Adorei a dica. Obrigada!

  2. Confesso que jamais tinha ouvido falar, mas já adorei a cidade! Realmente é um grande cenário de filme! Espero ter a chance de conhecer um dia!

  3. Conheço a Croácia, mas não conheço Dubrovnik. Uma ótima desculpa pra voltar pra esse país que tanto amei, rs. Adorei o post, ótimas dicas!

  4. Ora aí está uma cidade que, apesar do turismo, continua a manter um charme medieval muito cativante. E concordo com a ideia de, a partir de lá, aproveitar para conhecer Mostar e Kotor, duas pequenas pérolas da região. Grande abraço e obrigado pela partilha.

Leave a Reply