Visitar Dublin – roteiro de viagem

Visitar Dublin – roteiro de viagem

Visitar Dublin: É na costa Este da Republica da Irlanda, junto à foz do rio Liffey que se localiza a cidade de Dublin, a capital irlandesa. Com uma população de mais de meio milhão de habitantes, Dublin é das cidades europeias que mais cresceu nas ultimas décadas, passando de um local economicamente deprimido e com pouca dinâmica para uma região de eleição para grandes companhias como a Google, Facebook, Paypal e a Microsoft.

Atualmente, Dublin é uma cidade moderna, cosmopolita, muito jovem e com excelente qualidade de vida, e conseguiu conciliar todo este desenvolvimento económico com o charme de cidade antiga caracterizada pelos seus monumentos medievais e pelos edifícios públicos neoclássicos do período georgiano.

 

Visitar Dublin – roteiro, fotos e mapa para viajar: 

quando ir

Sendo a Irlanda um país frio, os melhores meses para visitar Dublin são entre Julho e Agosto. A temperatura máxima ronda os 22º C e a mínima de 10º C.  No entanto, existem eventos importantes em meses diferentes, como o Dia de S. Patrício em Março (St Patrick’s Day), uma espécie de feriado nacional irlandês, em que Dublin acolhe diversas iniciativas como paradas, festivais pirotécnicos e concertos. Outros eventos de destaque são o Bloomsday Festival em Junho, o Dublin Theatre Festival em Outubro e o Jameson Dublin International Film Festival em Fevereiro.

 

como chegar

Dublin é servida pelo Aeroporto Internacional. A partir do aeroporto existem várias ligações diárias por autocarro para o centro da cidade e a viagem demora cerca de 30 minutos. O preço do transfer do autocarro custa à volta de 6 euros.

segurança

Tal como acontece no resto da Irlanda, Dublin é uma cidade bastante segura e tranquila. Os níveis de criminalidade são baixos, não obstante, existam algumas zonas em que, durante a noite possam haver alguns problemas com pessoal embriagado. Usar sempre o senso comum perante determinadas situações (olho nas bagagens, carteiristas, etc.)

alojamento

A capital irlandesa dispõe de uma oferta razoável de alojamento (cerca de 300), sendo a maioria caracterizada por apartamentos, hotéis, hostels, pousadas e B&B’s. O preço por noite não é muito barato, para quarto duplo/twin anda à volta de 50 euros. Eu consegui um preço mais baixo no Citi Hostels, situado na Charlemont St, (parte sul de Dublin) a apenas 10 minutos a pé de Saint Stephen´s Green. Reserve hotel em Dublin.

Visitar Dublin – locais a não perder:

– Saint Stephen’s Green

O Saint Stephen´s Green é um dos espaços verdes urbanos mais importantes de Dublin. Este espaço publico tem quase 90 mil m2 e foi inaugurado no final do séc. XIX. No seu interior existe um lago de grandes dimensões, vários acessos pedonais, estatuária de personagens relevantes da história irlandesa. Dada a sua importância e visibilidade organizam-se neste local vários eventos.

Visitar Dublin
Saint Stephen´s Green – visitar Dublin

 

– Trinity College

O Trinity College é uma prestigiada universidade fundada em 1592. O conjunto é formado por vários edifícios de estilo clássico e espaços ajardinados. Desta instituição académica saíram alunos notáveis, conhecidos pelo seu sucesso em áreas como a medicina, a física e principalmente na literatura como Bram Stocker,  Oscar Wild e Samuel Beckett.

Visitar Dublin
Trinity College – visitar Dublin

 

– St Patrick’s Cathedral

A Catedral de St. Patrick é o templo católico de maior referência na Irlanda. Essa importância é visível pela sua imponência, possuindo o estatuto da maior catedral do país.  A sua fundação data do inicio do séc. XIII, substituindo uma igreja de menor dimensão e a longo da sua história sofreu danos de variadas origens desde trovões a incêndios, mas recuperou sempre a imagem de monumento ímpar. Junto do templo existe o St Patrick’s Park, um espaço verde muito agradável para relaxar e tirar umas fotos.

St Patrick's Cathedral
St Patrick’s Cathedral – visitar Dublin

 

– Temple Bar

Temple Bar é considerado o grande centro da vida nocturna e cultural da capital irlandesa. Este bairro de traça medieval é um dos locais mais concorridos pelos turistas pois é aqui que se localizam os famosos restaurantes e pubs tradicionais que muito colaboram para o excelente ambiente que ali se vive.

Visitar Dublin
Temple Bar – visitar Dublin

 

– The Spire

O Spire, também conhecido por Monumento da Luz, é um dos pontos de interesse mais recentes  de Dublin. Este monumento construído em 2002 e feito em aço inoxidável, situa-se na O’Connell Street e eleva-se a uns incríveis 120 metros de altura, estando desta forma, sempre visível de qualquer ponto da cidade. No entanto, este novo ícone não acolhe um consenso geral, porque em conversa com alguns irlandeses, na opinião deles, o Spire foi um enorme desperdício de dinheiro.

Visitar Dublin
Spire – visitar Dublin

 

– Grafton Street

Para os amantes de movimento, lojas e artistas de rua, Grafton Street é a rua que não deve perder em Dublin. Esta é das vias mais importantes da cidade, exclusivamente pedonal, que liga dois importantes espaços: o St Stephen’s Green e o Trinity College.

Grafton Street – visitar Dublin

 

– National Museum of Ireland – Archaeology (Museu Nacional de Arqueologia)

O Museu Nacional de Arqueologia localiza-se na Kildare Street e foi inaugurado em 1890. Aqui podemos ver excelentes coleções arqueológicas de vários períodos da história irlandesa, desde o período celta, ao Viking e ao medieval.

Visitar Dublin
National Museum of Ireland – Archaeology – visitar Dublin

 

– Custom House (Casa da Alfandega) 

Localizado junto do rio Liffey, o Custom House é um extraordinário edifício do período neoclássico (finais do séc. XVIII) que tinha como função original a colecta de impostos alfandegários. Posteriormente foi adaptado a sede local do governo irlandês e em 1921 sofreu um grande incêndio que destruiu grande parte de edifício além de registos históricos importantes que ali estavam arquivados.  A recuperação do imóvel foi levada a cabo em duas fases, uma na década de 20 e a outra na década de 80.

Visitar Dublin
Custom House – visitar Dublin

 

– Christ Church Cathedral (Catedral da Santíssima Trindade) 

A Christ Church Cathedral é considerada o monumento mais antigo de Dublin, com origens que remontam ao período medieval (séc. XI). Além de grande atracção turística é também um importante centro de peregrinação e destaca-se pela grandiosidade da sua arquitetura e pela cripta, a maior da Irlanda e da Grâ-Bretanha.

Visitar Dublin
Christ Church Cathedral – visitar Dublin

 

– Connolly railway station (Estação de Connoly)

A Estação de Connoly fica situada na margem esquerda do rio Liffey na parte norte da cidade. Inaugurada em 1844, constitui um ponto estratégico nas ligações ao norte da Irlanda, como Drogheda, Dundalk e também a Belfast na Irlanda do Norte. É também um testemunho importante da arquitetura civil de transportes.

Visitar Dublin
Connolly railway station – visitar Dublin

 

– General Post Office (Edifício dos Correios)

Localizado na O’ Connell Street, o General Poste Office não deixa ninguém indiferente, a sua arquitectura neo-clássica é verdadeiramente imponente ao ponto de o tornar num dos edifícios mais conhecidos da Irlanda. A sua construção data do inicio do séc. XIX e foi o ultimo dos edifícios públicos de estilo georgiano a ser erigido em Dublin.

Visitar Dublin
General Post Office

 

Outros locais para visitar:

  • Castelo de Dublin (Monumento defensivo da cidade fundado no séc. XIII)
  • Guiness Store House (armazéns da famosa cerveja Guiness, onde é possível conhecer toda a história e o processo de fabrico da bebida)
  • Phoenix Park (parque urbano com 700 hectares onde se encontra o jardim zoológico da cidade e a residência oficial do presidente irlandês)
  • Old Jameson Distillary (Destilaria do famoso whisky irlandês Jameson)

 

transportes

Dublin não é uma cidade muito grande, portanto, a não ser que fique alojado muito longe do centro ou pretenda viajar para fora da capital, quase não vale a pena utilizar transportes públicos. De qualquer forma está bem servida a nível de transportes como o autocarro (Dublin Bus), o metro (tram) e o comboio. Existe o LeapCard um bilhete integrado para toda a rede de transporte publico. Também pode alugar bicicletas.

 

fora de Dublin

Para aqueles que têm mais tempo para viajar ou não pretendem ficar muitos dias em Dublin, existem várias alternativas muito interessantes para conhecer na Irlanda. Sugiro que visitem o Parque Nacional de Wicklow, localizado a sul da capital, onde podem desfrutar de paisagens maravilhosas, sobretudo do vale monástico de Glendalough.

O Killarney National Park, Cork, Galway ou Cliffs of Moher são outros destinos imperdíveis.  Belfast, está a 2 horas de distancia e merece também uma visita. Existem vários tours a partir de Dublin que fazem percursos por vários dos pontos de interesse mencionados.  

 

moeda

A moeda na Irlanda é o euro.

 

acesso à internet

O acesso à Internet em Dublin é bom. Nos hotéis, restaurantes e cafés o WiFi é gratuito.

língua

A língua oficial em Dublin é o inglês.

ORGANIZAR A SUA VIAGEM

ALOJAMENTO EM DUBLIN

Reserve aqui alojamento


Booking.com

ALUGAR CARRO

Reserve aqui o seu automóvel 

SEGURO DE VIAGEM

Faça aqui o seu seguro de viagem 

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email.

 

Mapa de Dublin

Facebook Comments

Pedro Henriques

Blogger de Viagens

13 opinions on “Visitar Dublin – roteiro de viagem”

  1. Otimo post, como todos os teus guias!
    Fiquei um tempo olhando o Spire e acho que concordo com o pessoal: tbem achei que foi um enorme desperdício de dinheiro.

  2. cheguei faz pouco tempo da cidade e quero voltar logo, gostei muito da arquitetura e de como é fácil se locomover por lá! Outra coisa são os vários pubs e os parques, Dublin é perfeita!

  3. Roteiro completão!!! A Irlanda mora no meu coração viajante faz tempo. Agora falta ver ao vivo! hahaha… espero que dê certo esse ano!

  4. Aww como sonho em conhecer a Irlanda, inclusive Dublin vez parte de um dos lugares que tinha vontade de fazer intercÂmbio para aprimorar meu inglês, mas no final acabei optando por outro lugar. Espero conhecer Dublin em breve e um dos lugares que mais tenho vontade de conhecer na cidade é o Temple Bar 🙂 Beijos

Deixar uma resposta