Viajar em Roma: 18 locais a não perder

Viajar em Roma: 18 locais a não perder 

Viajar em Roma: Roma é uma cidade imperdível. Carregada de história e vestígios de uma grande civilização, possui também um enorme simbolismo, já que foi o berço de uma das grandes religiões do mundo. Mas não se ficam por aqui os motivos pelos quais Roma é um destino tão especial. É a atmosfera frenética das praças, os palácios, as igrejas e fontes barrocas, o clima temperado e claro, a gastronomia.

Como tive pouco tempo para explorar a cidade (dois dias completos), preferi visitar sobretudo os locais públicos de acesso gratuito, guardando para uma próxima viagem a visita a museus e bairros históricos como Trastevere que ficaram em falta.

Para quem ainda não visitou Roma, deixo uma lista de 18 locais a não perder. Boa viagem!

 

18 locais a não perder em Roma

1 – Praça de S. Pedro -Vaticano

É seguramente uma das praças com maior carga mística a nível mundial. A Praça de S. Pedro, localizada em frente à Basílica, foi construída entre 1656 e 1667 por Gian Lorenzo Bernini, a mando do Papa Alexandre VII. A sua configuração assemelha-se na parte poente a um trapézio e na parte nascente a uma elipse perfeita, rodeada por enormes colunatas que simbolizam os braços esticados da igreja abraçando o mundo. O centro da praça é marcado por um obelisco egípcio com cerca de 40m de altura. Este é o local onde se juntam milhares de cristãos para assistirem às missas celebradas pelo Papa.

Praça de S. Pedro - Viajar em Roma
Praça de S. Pedro – Viajar em Roma

 

2 – Castelo de Sant Angelo

O Castelo de Sant Angelo, actualmente um museu, está implantado na marginal do Rio Tibre, de frente para a ponte histórica com o mesmo nome. O Castelo possui um formato circular e está protegido por uma torre em cada quadrante. A sua origem vem do tempo do Imperador Adriano que terá feito deste espaço o seu mausoléu pessoal. Reza a lenda que no final do séc. VI o Arcanjo Miguel terá aparecido no topo do Mausoléu como sinal do fim de uma praga, dando assim origem ao nome actual do castelo. Com o desenrolar dos séculos foi assumindo novas funções, durante a idade média com uma vertente militar  e no final do séc XIX como uma prisão.

Castelo de Sant Angelo - Viajar em Roma
Castelo de Sant Angelo – Viajar em Roma

 

3 – Ponte St. Angelo

Ponte St. Angelo é uma das pontes mais marcantes de Roma e uma das mais antigas, tendo sido construída no tempo do Imperador Adriano, no ano 136. d.C.  Este era um importante ponto de passagem de peregrinos sobre o Rio Tibre em direcção à Basílica de S. Pedro, tendo este enorme fluxo de passagens tenha contribuído para a sua deterioração, levando à necessidade de inúmeros restauros. A ponte liga ao Castelo de Sant Angelo e é exclusivamente pedonal, estando adornada de várias esculturas de anjos, santos e patriarcas simetricamente distribuídas. No entanto, durante o séc. XVI a ponte foi utilizada para fins mais sombrios porque aqui eram exibidos os cadáveres dos presos executados na Piazza di Ponte.
Ponte St. Angelo – Viajar em Roma

4 – Palazzo di Giustizia (Palácio de Justiça)

O Palácio da Justiça é um monumento publico situado na margem do Rio Tibre mesmo em frente da Ponte Umberto I. Aqui está sediada a Corte Suprema di Cassazione e a Biblioteca Jurídica Pública italiana. Influenciado pela arquitectura barroca, o palácio data do final do séc. XIX, na época em que Roma se afirmava como a nova capital no Reino de Itália unificado.


Palácio da Justiça – Viajar em Roma

 

5 – Piazza Navona

A Piazza Navona é uma praça publica com enorme carga histórica, já que antes da actual utilização o Imperador Domiciano construiu neste mesmo local um estádio por volta do final do séc. I, o Circus Agonalis. A sua configuração urbana assemelha-se aos circus maximus (estádios) da Roma antiga, compridos e estreitos. Neste local a atmosfera é vibrante, dinamizada pelos inúmeros turistas, artistas de rua, bares, restaurantes e esplanadas. No centro da praça destaca-se isolado um enorme obelisco egípcio, rodeado pela Fontana dei Quattro Fiumi, uma fonte barroca que representa os principais rios de cada continente: Nilo, Ganges, Danúbio e Rio da Prata. Em frente encontra-se a a Igreja Sant’Agnese in Agone, um templo barroco do séc. XVIII. Nos extremos da Piazza Navona, existem mais duas fontes: a Fontana del Moro e a Fontana del Nettuno.


Piazza Navona – Viajar em Roma

6 – Piazza di Spagna / Scalinata di Trinità dei Monti (Praça de Espanha / Escadaria)

A Praça de Espanha é uma das praças mais movimentadas de Roma, atraindo inúmeros visitantes e locais para se sentarem e relaxarem na enorme escadaria (Scalinata di Trinità dei Monti) que liga à Igreja de Trinità dei Monti. Em frente do templo está o obelisco Salustiano, um dos 13 obeliscos egípcios da cidade. No centro da praça surge mais um belo exemplar da arquitectura barroca: a Fontana della Barcaccia, uma fonte encomendada pelo Papa Urbano VIII durante os meados do séc. XVIII.


Praça de Espanha – Viajar em Roma

7 – Ponte Vittorio Emanuele II

Lançada sobre o Rio Tibre, a Ponte Vittorio Emanuele II é mais um dos marcos arquitectónicos que devemos visitar. A ponte tem mais de 100m de comprimento e cerca de 20m de largura e foi construída no final do séc. XIX, embora a sua inauguração só ocorresse em 1911. Este é um bom local para fotografar o Castelo de Saint Angello.


Ponte Vittorio Emanuele II – Viajar em Roma

8 – Piazza del Popolo (Praça do Povo)

A Piazza del Popolo ou Praça do Povo é uma enorme praça de forma ovalada que se situa no final da Via del Corso, junto da Villa Borghese. Este espaço assumiu ao longo dos séculos uma grande importância para os romanos, já que esta era uma das principais entradas da capital na época imperial. Também foi um local publico de execuções (até ao séc. XIX) e actualmente funciona como palco de importantes eventos como concertos, espectáculos culturais e manifestações. Destaca-se como elemento central da praça o obelisco trazido do Egipto pelo Imperador Augusto, que está ladeado pela Fontana di Leone, enquanto as laterais estão decoradas pela Fontana de Neptune e a Fontana della dea di Roma. Na entrada sul da praça estão presentes as Igrejas simétricas de Santa Maria dei Miracoli e a Santa Maria in Montesanto e no sentido oposto o espaço é fechado pela Igreja de Santa Maria del Popolo.


Praça do Povo – Viajar em Roma

9 – Fontana de Trevi (Fonte de Trevi)

Um dos maiores postais turísticos da cidade de Roma é sem duvida a Fontana de Trevi. A fonte considerada por muitos como a mais bonita do mundo, nasceu em 1751 da criatividade do artista Nicola Salvi, porém foi Giuseppe Pannini quem terminou o projeto em 1762. O monumento representa uma cena mitológica, ou seja uma carruagem em forma de concha, puxada por cavalos marinhos liderada por tritões. Local de pura inspiração já serviu de palco a vários momentos cinematográficos, além de originar a lenda de quem atirar as moedas para as suas águas, voltará novamente a Roma, quem sabe com um novo amor.


Fontana de Trevi – Viajar em Roma

10 – Panteão

Um dos monumentos mais enigmáticos de Roma. Não se sabe ao certo como resistiu às várias intempéries durante os últimos dois mil anos, sobretudo as invasões barbaras, mas o facto é que actualmente o Panteão é o monumento da antiga Roma mais bem conservado. Destaca-se sobretudo pela enorme cúpula e pelas poderosas colunas na fachada principal. Localizado na Piazza della Rotonda, o Panteão surgiu durante o reinado de Adriano por volta de 118-125 d. C.  e teve como função original ser o templo dos deuses, no entanto, durante alta Idade Média foi transformado em Igreja quando para este local foram transladados os restos mortais de vários martires. A partir do Renascimento começaram a ser sepultados artistas e outras personagens de enorme relevo como o Pai da Patria Victor Emanuel II.

Viajar em Roma Panteão
Panteão – Viajar em Roma

11 – Coliseu

Classificado recentemente como uma das novas 7 Maravilhas, o Coliseu de Roma é o local mais visitado de Itália. Esta obra prima foi construída pelo imperador Vespasiano no ano 72 d.C. e é considerado o maior anfiteatro alguma vez construído com uma capacidade aproximada de 80 mil pessoas. Aqui foi o palco de lutas sangrentas entre gladiadores, animais selvagens e o local onde muitos dos primeiros cristãos perderam a vida. Entrar neste monumento é verdadeiramente arrepiante e dá a sensação de viajar no tempo! Imperdível.

Coliseu de Roma - Viajar em Roma
Coliseu – Viajar em Roma

12 – Forum Romano

Na época romana os Fóruns tinham como função de servir como centro cívico, religioso económico e politico. O Fórum Romano é certamente o expoente máximo desse conceito. O espaço desenvolveu-se à medida que se iam efectuando novas conquistas e consequente expansão do império. O complexo está repleto de templos e edifícios públicos deslumbrantes, sendo dividido a meio pela via sacra. O Arco de Tito, a Basílica de Maxêncio, o Templo de César e a Basílica Júlia são alguns dos locais a explorar nesta visita.


Forum Romano – Viajar em Roma

13 – Monte Palatino

O Monte Palatino é uma das sete colinas de Roma e segundo a lenda, terá sido neste local que Rómulo fundou a cidade no séc. VIII a. C.. No fundo, podemos afirmar que este local é o berço da civilização europeia e ocidental. No circuito de visitação estão incluídos os seguintes pontos de interesse: a Domus Severiana, o Estádio de Domiciano, a Domus Augustana, a Domus Flaviae e a Domus Tiberiana.


Monte Palatino – Viajar em Roma

14 – Foro Traiano (Foro de Trajano)

O Forum de Trajano, situado entre a Via Alessandrina e a Via dei Forum Imperiali é um enorme complexo arqueológico, datado do Séc. II, constituído por uma série de vestigios importantes como é o caso da Coluna e Mercado de Trajano (este ultimo considerado o primeiro centro comercial coberto da história) e a Basilica Ulpia. Junto a este forum existem outros dois: O Forum Augusto e o Forum de Nerva.


Foro Traiano – Viajar em Roma

15 – Scalinata dell’Aracoeli

Localizada junto do Altare della Patria, a Scalinata dell’Aracoeli é uma escadaria da Basílica de Santa Maria d’Aracoeli. Foi construída em 1348 como forma de agradecimento pelo fim de uma praga. Subir a escadaria proporciona uma vista cénica sobre os arredores.


Scalinata dell’Aracoeli – Viajar em Roma

16 – Insula romana dell’Ara Coeli

A Insula dell’Ara Coeli é uma estrutura habitacional da época imperial romana situada entre o Altare Della Patria e a Scalinata. As insulas eram uma espécie de prédios com apartamentos, destinados aos residentes com menos rendimentos: a plebe. No sentido oposto, os mais abastados viviam nas vivendas designadas de domus. Esta insula terá sido construída por volta do séc. II e teria capacidade para quase 400 pessoas.


Insula romana dell’Ara Coeli – Viajar em Roma

17 – Altare della Patria

Altare della Patria é um monumento localizado na Piazza Venezia  que presta a homenagem a Victor Emanuel II, o rei que conseguiu unificar toda a Itália no séc. XIX, sendo por isso conhecido pelo”Pai da Pátria”. A sua construção data de 1911 e é notável pela sua envergadura, pela utilização do mármore e pelas vistas panorâmicas que proporciona a partir da parte superior. Os elementos que mais destacam neste conjunto são a estátua equestre de Victor Emanuel II e nas laterais as quadrigas de cavalos conduzidas pela deusa Victoria.

Viajar em Roma
Altare della Patria – Viajar em Roma

18 – Piazza Venezia

Se quisermos designar um ponto nevrálgico de Roma esse local é a Piazza Venezia. Este é o principal ponto de intersecção de importantes eixos viários como a Via del Corso, a Via dei Fori Imperiali, a Via del Teatro di Marcello e a Via del Plebiscito. Mas a sua importância vai para além da mobilidade urbana, pois aqui estão presentes vários pontos de interesse turístico como o Altare della Patria, a Biblioteca di Archeologia e Storia Dell’Arte e o edifício histórico da Postazione del vigile.


Piazza Venezia – Viajar em Roma

Mapa de Roma

Veja mais informação no site oficial de turismo de Roma

 

Dicas para visitar Roma

Veja aqui dicas para visitar Roma, desde alojamento, restaurantes, transportes e roteiros

 

 – ORGANIZAR A SUA VIAGEM

ALOJAMENTO EM ROMA



Booking.com

 

ALUGAR CARRO

Reserve aqui o seu automóvel 

 

SEGURO DE VIAGEM

Faça aqui o seu seguro de viagem

 

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email

Facebook Comments

Pedro Henriques

Blogger de Viagens

7 opinions on “Viajar em Roma: 18 locais a não perder”

  1. Roma é um linda cidade mesmo! E quantas coisas diferentes para se fazer. As dicas são ótimas, deu vontade de voltar e revisitar tudo!

  2. Roma é mesmo uma cidade grandiosa não é?! Passei apenas uma tarde aí e por isso preciso voltar para vê-la de verdade! Os clássicos que você cita aqui são incríveis mas o Palácio da Justiça eu achei extraordinário! 🙂

Deixar uma resposta