Ulica Kanonicza locais a visitar em Cracovia

Os melhores locais a visitar em Cracóvia, Polónia

Os melhores locais a visitar em Cracóvia, Polónia

Cracóvia é considerada por muitos como a cidade mais bonita da Polónia e uma das mais charmosas da Europa. Anualmente são milhões de turistas que visitam a capital cultural polaca atraídos pelo centro histórico classificado como Património Cultural da Humanidade e também pela sua proximidade geográfica com os campos de concentração de Auschwitz e Birkenau.

Geograficamente, situa-se no sul do país, na província da Pequena Polónia e é banhada pelo rio Vístula, o mais longo da Polónia que nasce na Alta Silésia junto à fronteira com a Alemanha e Republica Checa. Com cerca de 800 mil habitantes, Cracóvia é a segunda maior cidade polaca a seguir à capital Varsóvia.

A história de Cracóvia começou há milhares de anos na colina de Wawel, onde está situado o castelo real, com o estabelecimento de povoados pré-históricos. Segundo a lenda, terá sido fundada por Krakus o poderoso governante que terá derrotado o Dragão de Wawel. No ano de 1038, no contexto de uma da grande actividade comercial, torna-se a capital do reino da Polónia e o castelo real na residência dos réis polacos.

No séc. XIII, uma série de ataques dos mongóis levou a uma quase total destruição de Cracóvia, no entanto, isto permitiu a implantação de um plano de urbanização que incluiu a enorme Praça do Mercado e a construção das torres e as muralhas à volta da cidade velha.

Depois de atingir o apogeu no final do século XV, Cracóvia sofreu uma nova série de ataques, cercos e ocupações por parte dos russos, prussianos e austríacos durante o séc. XVIII, acabando por integrar o império austríaco até 1918, ano em acabou a Primeira Guerra Mundial e a Polónia renasceu como estado independente.

Em 1939, Cracóvia foi ocupada pelos nazis, que entretanto criaram um guetto na parte judaica da cidade, mas caiu mão dos soviéticos em 1945. Após a Segunda Guerra Mundial manteve-se na orbita da União Soviética até ao colapso do comunismo em 1989.

Para os que querem visitar este magnifico destino elegi a lista dos melhores locais a visitar em Cracóvia:

 

1 – Estação de Cracóvia (Krakow Glówny)

A Estação ferroviária de Cracóvia (Krakow Glówny) localiza-se às portas da cidade velha. É um edifício datado dos meados do séc. XIX, mas foi alvo de expansão no final do séc. XIX e na década de 30 do séc. XX. Nos últimos anos sofreu uma grande remodelação com a construção de um centro comercial e a melhoria das infraestruturas para o conforto dos passageiros.

Estação de Cracóvia Krakow Glówny

Estação de Cracóvia (Krakow Glówny) – locais a visitar em Cracóvia

 

2 – Torre Barbacã (Barbakan)

A Barbacã de Cracóvia é considerada como uma das mais bem preservadas da Europa. Situada na entrada do centro histórico em frente à Porta de S. Floriano, esta estrutura militar tinha como função de proteger as muralhas dos ataques da artilharia, onde eram colocados arqueiros e atiradores. Construída durante o séc. XV em estilo gótico, assumiu uma importância fundamental na defesa da cidade, nomeadamente no séc. XVIII contra os invasores russos. Actualmente é  utilizada para diversos eventos.

Torre Barbacã Barbakan Cracovia

Barbacã de Cracóvia – locais a visitar em Cracóvia

 

3 – Porta de S. Floriano (Brama Floriańska)

A Porta de S. Floriano, juntamente com a muralha e as duas torres adjacentes, constituem os últimos vestígios da cerca medieval da cidade. Felizmente, sobreviveram ao projeto de modernização de Cracóvia levada a cabo durante o séc. XIX. A Porta tem mais de 700 anos e é a principal entrada do centro histórico dando acesso a Rua Floriasnnka.

Porta de S. Floriano Cracovia Brama Floriańska

Porta de S. Floriano – locais a visitar em Cracóvia

 

4 – Basílica de Stª Maria (Kościół Wniebowzięcia Najświętszej Maryi Panny, Kościół Mariacki)

A Basílica de Santa Maria é uma das igrejas mais importantes de Cracóvia. Trata-se de um imponente edifício localizado na praça central, ladeado por duas torres assimétricas, cuja fachadas se encontram revestidas com tijolo. A sua construção iniciou-se no final do séc. XIII sob as fundações de um templo anterior. Ao longo dos séculos foram realizadas várias intervenções na igreja. No interior destaca-se o retábulo esculpido em madeira de lima, de cor dourada, um dos mais importantes da região.

Basílica de Stª Maria Kościół Wniebowzięcia Najświętszej Maryi Panny, Kościół Mariacki

Basílica de Santa Maria – locais a visitar em Cracóvia

5 – Igreja de S. Adalberto (Kościół św. Wojciecha w Krakowie)

Pequeno templo românico localizado na Praça do Mercado de Cracóvia. É considerada uma das mais antigas igrejas da Polónia, embora houvessem algumas modificações arquitetónicas no período barroco.

Igreja de S. Adalberto Kościół św. Wojciecha w Krakowie

Igreja de S. Adalberto – locais a visitar em Cracóvia

6 – Torre da câmara municipal (Wieza Ratuszowa) 

Quem entra na Praça central do centro histórico é um dos elementos mais em destaque. A torre municipal ergue-se a 70m de altura e, com os mais de 700 anos de história, assume-se definitivamente como um dos ex libris de Cracóvia.

Torre da Camara Municipal Wieza Ratuszowa

Torre municipal

 

7 – Mercado (Sukiennice)

O Mercado de Cracóvia é considerado como um dos mais antigos centros comerciais do mundo com raízes no séc. XIII. Aqui era o ponto de encontro de mercadores para as trocas comerciais, importação de produtos orientais como a seda e as especiarias e na exportação os têxteis e o sal extraído das minas de Wieliczka. O edifício original construído em 1257 foi destruído por um incêndio em 1555. Contudo, a reconstrução permitiu criar um magnifico exemplar da arquitectura renascentista que se afirma hoje em dia como um dos principais cartões de visita da cidade. Actualmente alberga lojas, cafés e o Museu Nacional de Cracóvia.

Mercado de Cracovia Sukiennice

Mercado – locais a visitar em Cracóvia

 

8 – Parque Planty (Planty krakowskie)

O Parque Planty é um enorme corredor verde que delimita o centro histórico. Com o crescimento da cidade e a perda de funcionalidade das muralhas, decidiu-se substituir o sistema defensivo medieval pela estrutura verde no primeiro quartel do séc. XIX, para implementar num novo modelo urbano conceptual: a cidade jardim. Este é um dos espaços mais agradáveis de Cracóvia, ideal para levar os filhos a passear.

Parque Planty Planty krakowskie

Parque Planty – locais a visitar em Cracóvia

 

9 – Igreja de S. Pedro e S. Paulo (Kościół ŚŚ Piotra i Pawła)

Esta Igreja dos meados do séc. XVII está localizada na rua Grodzka junto à Igreja de Santo André. Em frente à fachada principal existe uma fila colunas com as estátuas dos doze Apóstolos. Terá sido este o primeiro edifício de estilo barroco na cidade. Entre 1809 e 1815 funcionou como igreja ortodoxa.  Igreja de S. Pedro e S. Paulo Cracovia Kościół ŚŚ Piotra i Pawła

Igreja de S. Pedro e S. Paulo – locais a visitar em Cracóvia

 

10 – Igreja de St Andre (Kościół św. Andrzeja)

Uma das igrejas mais antigas da cidade datada do séc. XI. Na fachada principal destacam-se as duas torres, as frestas estreitas e as paredes largas típicas do período românico.

Igreja de St Andre Kościół św. Andrzeja

Igreja de St André – locais a visitar em Cracóvia

 

11 – Praça do Mercado (Rynek Główny)

É uma das maiores praças medievais da Europa ocupando uma área de 4 hectares. A Praça do Mercado, conhecida como Rynek Główny, é o coração de Cracóvia, estando aqui localizados muitos dos principais pontos de interesse como a Basílica de Santa Maria, o Mercado, ou a Torre municipal. É o espaço urbano mais frequentado da cidade, com inúmeros restaurantes, cafés, esplanadas e os mercados típicos onde pode saborear a gastronomia tradicional polaca.

Praça do Mercado Cracovia Rynek Główny

Praça do Mercado – mercados tipicos

 

12 – Palácio das Artes (Pałac Sztuki) e Praça Szczepański 

A Praça Szczepański está situada na parte oeste do centro histórico e resultou de uma requalificação urbana realizada no inicio do séc. XIX na sequência da demolição de uma igreja medieval e edifícios adjacentes. Nesta praça encontra-se o Palácio das Artes, edifício construído em 1901 que constitui o primeiro exemplar da cidade da arquitetura Art Nouveau. O Palácio das Artes tornou-se um dos locais de exposições mais prestigiados da cidade de Cracóvia.

Praça Szczepański e Palacio das Artes Cracovia

Palácio das Artes – locais a visitar em Cracóvia

 

13 – Museu Etnográfico (Muzeum Etnograficzne)
Museu Etnográfico é um edifício do final do século XIV, com uma ampliação significativa no séc. XVI, época em que adquiriu sua aparência renascentista. Na exposição permanente estão expostos elementos da herança cultural polaca como os interiores reconstituídos de casas e oficinas tradicionais de camponeses , exposições comerciais, pintura folclórica e religiosa entre outros. 

Museu Etnografico Cracovia

Museu Etnográfico – locais a visitar em Cracóvia

 

14 – Rua Kanonicza (Ulica Kanonicza)

A Rua Kanonicza é uma das ruas mais antigas de Cracóvia fazendo parte da antiga Estrada Real. Para além da sua importância histórica sobressaem os edifícios que a compõem, construídos em estilo barroco e renascentista. A parte final da rua é perfeita para os registos fotográficos pela sua ligação cénica com o Castelo..

Ulica Kanonicza Cracovia

Rua Kanonicza – locais a visitar em Cracóvia

 

15 – Catedral de Cracóvia (Bazylika archikatedralna)

Este templo com mais de 1000 anos localiza-se junto do Castelo Real. A Catedral de Cracóvia é considerada como o mais importante santuário do país e durante muitos séculos foi palco de coroação dos réis polacos. No seu interior estão depositados os restos mortais de vários monarcas, poetas, santos e bispos da cidade.

Catedral de Cracóvia Bazylika archikatedralna

Catedral de Cracóvia 

 

16 – Castelo de Real de Wawel (Zamek Królewski na Wawelu)  

Implantado na colina de Wawel o Castelo Real é dos monumentos que mais sobressaem à vista em Cracóvia. Antes da construção do castelo no séc. XVI, este local já era habitado há pelo menos 3000  anos com base nos vestígios arqueológicos. O Palácio actual foi erguido sobre um outro castelo destruído num incêndio, com o objetivo de o tornar no centro politico e cultural da Polónia. Castelo Real de Wawel Zamek Królewski na Wawelu

Castelo Real de Wawel

 

17 – Ponte do Padre Bernatek (Kładka Ojca Bernatka)

Ponte pedonal sob o rio Vístula que liga os bairros de Kazimierz  e Podgórze. Apresentando um aspecto vanguardista, possui cerca de 130m de comprimento e é muito utilizada por transeuntes e ciclistas.

Kładka Ojca Bernatka locais a visitar em Cracóvia

Ponte do Padre Bernatek

 

18  – Sinagoga Velha (Synagoga Stara)

A Sinagoga Velha é um dos mais antigos testemunhos arquitectónicos da tradição judaica na Polónia, tendo sido construída durante o séc. XV. Está localizada no coração do bairro judaico e foi um dos principais locais de culto da cidade. Este imóvel é um raro exemplo das designadas sinagogas fortificadas, cujo papel passava fornecer refugio em caso de invasões. As suas paredes eram de alvenaria grossa, com reforço pesado para resistir a assaltos. Actualmente alberga uma exposição permanente com um acervo de objetos relacionados com a vida quotidiana dos judeus.

Sinagoga Velha Synagoga Stara locais a visitar em Cracóvia

Sinagoga Velha

 

19 – Sinagoga Poppera (Synagoga Poppera)

Localizada nas proximidades da Sinagoga Velha, encontra-se a Sinagoga Poppera. Este templo foi erigido por um mercante judeu abastado chamado Wolf Popper em 1620. Durante a II Guerra Mundial, o edifício religioso foi severamente atingido, sendo posteriormente restaurado.

Sinagoga Poppera Synagoga Poppera locais a visitar em Cracóvia

Synagoga Poppera 

 

20- Praça dos Heróis do Gueto (Plac Bohaterów Getta)

A Praça dos Heróis do Gueto é um espaço publico cujo objetivo passa por lembrar e homenagear as vitimas do Gueto de Cracóvia que estava localizado nesta área. Durante a Segunda Guerra Mundial, esta praça foi o ponto de partida de milhares de judeus do gueto para os vários campos de concentração espalhados pela Polónia, principalmente para Auschwitz e Birkenau. A praça é composta por 70 cadeiras vazias em bronze e representam as possessões descartadas pelos deportados. Cada cadeira também representa mil vitimas.

Praça dos Heróis do Gueto Plac Bohaterów Getta locais a visitar em Cracóvia

Praça dos Heróis do Gueto 

21 – Antiga fábrica de Oscar Schindler (Fabryka Emalia Oskara Schindlera) 

Esta é uma das maiores e mais concorridas atracções de Cracóvia. A antiga Fabrica de Oscar Schindler localiza-se na Rua Lipowa, a cerca de 500 metros da Praça dos Heróis do Gueto e actualmente alberga um museu sobre a ocupação nazi em Cracóvia durante a Segunda Guerra Mundial. A exposição está organizada cronologicamente desde o inicio da ocupação em 1939 até ao seu final em 1945. São centenas de artigos expostos, desde fotografias, mapas, artefactos pessoais e algumas peças produzidas na antiga fábrica. Shindler foi um abastado empresário nazi que acabou por salvar milhares de judeus dos campos de concentração empregando-os nas suas fábricas.

Antiga fábrica de Oscar Shindler Fabryka Emalia Oskara Schindlera locais a visitar em Cracóvia

Antiga fábrica de Oscar Shindler – exposição de objetos pessoais

 

Dicas para viajar em Cracóvia

Veja aqui o guia de viagem para Cracóvia: dicas, transportes, onde dormir, onde comer e outra informação util 

 

ORGANIZAR A SUA VIAGEM
Alojamento em Cracóvia

Recomendo o Apartament Krakowski Lux, um pequeno estúdio com 1 quarto, wc e cozinha/sala de estar com sofá-cama, localizado na Rakowicka 20a apenas 5 minutos a pé do centro histórico.



Booking.com

Alugar carro

Reserve aqui o seu automóvel 

 

Seguro de viagem

Faça aqui o seu seguro de viagem

 

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email.

 

Mapa de Cracóvia

Facebook Comments

Pedro Henriques

Blogger de Viagens

4 opinions on “Os melhores locais a visitar em Cracóvia, Polónia”

Deixar uma resposta