Como planear uma viagem?

Como planear uma viagem?

Para muitas das pessoas que conheço, planear uma viagem é a sua maior dor de cabeça, então preferem deslocar-se a uma agência de viagens e ter alguém que lhes tratem das coisas, sendo a sua única preocupação fazer o pagamento da mesma, e apresentar-se no aeroporto no dia da partida.

Pois para mim, é precisamente o contrário, eu adoro planear viagens, umas vezes melhor, outras vezes pior, mas é algo que me dá muito prazer, pois sinto que já estou a viajar!

Fazer o planeamento de uma viagem não é nada de outro mundo, não obstante, existem destinos que requerem uma preparação mais detalhada, mais atempada e com um bom know-how nestas andanças.

Nesta pagina vou lhe explicar os métodos que utilizo para planear uma viagem.

Vamos lá?

1 – Condições de segurança do destino

Por exemplo, quando já tenho um destino em mente, faço sempre uma pesquisa para saber como o mesmo se encontra a nível de segurança. Existe uma pagina muito útil da responsabilidade da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, e neste portal é possível aceder a uma grande variedade de informação do país que queremos visitar, desde o clima, moeda local, condições de segurança, regime de vistos, transportes, sistema de saúde etc.

Contudo, há quem “acuse” este organismo estatal de ser demasiado cauteloso e levando o viajante a pensar que o mais seguro…é ficar em casa!

Vamos imaginar que quero visitar o Egipto: vou pesquisar a página da Secretaria de Estado das Comunidades, e ver o que, sob o ponto de vista deste órgão institucional, é dito sobre o país a nível de segurança e outros alertas:

Planear uma viagem
Lista de paises
Planear uma viagem
Informação sobre Egipto
Planear uma viagem
Condições de segurança

De facto, o panorama não está famoso!  Contudo, não é surpresa nenhuma, porque quem lê jornais ou vê noticiários, esta é uma situação que não passa despercebida.

Vamos mudar então o destino…e ir até à Ásia!

Que tal espreitar a situação na Tailândia?

Planear uma viagem
Condições de segurança na Tailândia
Imagem3
Condições de segurança na Tailândia

Bem, aqui a situação está muito mais estável, embora com avisos para algumas zonas mais sensíveis junto à fronteira com o Camboja, mas desde que o viajante evite essas áreas, não haverá grandes problemas.

Ok! Destino escolhido!

 

2- Comprar bilhetes de avião

Bem, este tema é um assunto delicado, pois é aqui que a grande parte do orçamento “desaparece”, apesar disso, por vezes é possível comprar passagens aéreas a um preço acessível. Temos é que pesquisar, e para isso, não faltam ferramentas na internet para tentarmos a nossa sorte. Na pesquisa dos voos, faço várias simulações até obter uma opção que seja satisfatória nível de preço e tempo de voo.

Lê este artigo onde descrevo todos os passos até encontrar o melhor voo.

3- Pontos de interesse

Antes de ver o alojamento, costumo analisar os pontos de interesse (desde museus, monumentos, festivais, gastronomia, segurança, etc..) da cidade ou região que vou visitar. Há uma grande quantidade de sites que nos fornecem informação válida e actualizada para podermos consultar.

Então quais são os sites que eu consulto? A minha lista seria enorme, então vou colocar aqui 3 dos sites principais, que a meu ver, constituem boas referências como guias de viagem. Não te esqueças de pesquisar as páginas oficiais de turismo de cada região. Sugiro que visites também as páginas muito interessantes dos viajantes portugueses: João Leitão, Foto ViajarViajar entre Viagens, CruzaMundosCrónicas de um VagamundoFilipe Morato Gomes, Dobrar Fronteiras, Cruzamundos e MeusTrilhos.

Wikitravel – uma espécie de Wikipedia das viagens. Na minha opinião, a página é bastante útil, porque no fundo resume o que de mais importante existe na região que queremos conhecer, mas sugiro que consulte a versão inglesa, porque é a mais completa. Na parte que diz “stay safe” está atento ao que dizem sobre as “tourist traps” ou “scams” uma espécie de esquemas de alguns locais (tipo taxistas, staff de bares e outros chicos-espertos) que tentam sacar dinheiro a turistas menos prudentes.

Planear uma viagem
Pagina da Wikitravel sobre a Tailândia

VirtualTourist– é uma plataforma digital, onde os utilizadores podem contribuir com relatos, experiências ou dados concretos. Esta página é mais completa que o wikipédia, na medida de poder agregar milhares de comentários, enquanto o wikipédia resume-se ao principal. Como podes ver na imagem, estão disponíveis para a Tailândia mais de 30 mil dicas, quase 80 mil fotos, 430 vídeos, e 72 mil respostas! Tens aqui um manancial de informação muito vasto ;).

Planear uma viagem

Tailândia no Virtual Tourist

Tripadvisor – É dos maiores sites do mundo de recursos e dicas de viagem. Tal como o Virtual Tourist, possui milhares de contribuições distribuídas por um ranking de qualidade. Muitos hotéis, museus, restaurantes e outros serviços turísticos colocam nas suas instalações e websites, o símbolo do Tripadvisor, atestando a qualidade do seu serviço, de acordo com avaliações positivas pelos membros do Tripadvisor.

Planear uma viagem
Tailândia no Tripadvisor – versão brasileira

Se preferires algo físico em vez de virtual, aconselho que compres os livros de viagem da Lonely Planet, mas também podes comprar o livro digital ou apenas capítulos que te interessem (em formato pdf). Estes guias são muito bons, produzidos por pessoal especializado em viagens. O site da Lonely Planet, também tem forums de discussão e artigos sobre dicas de viagem.

Planear uma viagem
Guia da Lonely Planet – Tailândia

Agora que os principais pontos de interesse e actividades estão identificados, vamos passar à rede de transportes. Para quem gosta de viajar por todo o território de um país (ou países) e não limitar-se apenas a uma cidade, é fundamental conhecer bem a rede de transportes. Neste contexto, o site seat61 é uma fonte de informação valiosíssima que abrange desde a rede ferroviária, autocarros, ferrys e metro. A descrição dos horários, rotas, preços, conforto é muito detalhada. Um site a não perder.

Planear uma viagem
Seat61 na Tailandia

 

4- Reservar alojamento

Relativamente ao tema do alojamento, existem vários sites para pesquisar hotéis, hostels, ou mesmo quartos e apartamentos de privados. Eu utilizo o Hotelscombined, o Trivago e o Booking. Neste artigo pode ler algumas dicas para escolher o alojamento e simulações para encontrar o melhor preço.

5- Consultar a meteorologia

Existem outros factores que tem de ter em atenção algumas semanas antes do dia da viagem:

O tempo e as condições climáticas são muito importantes!

Vai estar muito frio, ou muito calor? Que vestuário é o adequado para o local onde vamos? Quem já não ficou aborrecido quando vamos viajar, porque apanhamos uns dias de chuva intensa?

Consulte o meteoblue, é um site bastante fiável no que toca à meteorologia e assim fica com uma ideia bastante segura do tempo que vai enfrentar durante a sua estadia.

6- Saúde do viajante

Como a Tailândia está situada no Sudeste Asiático, será necessário algum tipo de medicação? A partir do momento que saia da União Europeia, convém pesquisar que países requerem medicação e vacinação para prevenção de doenças. Sendo um pais tropical, a consulta do viajante será fundamental para ir protegido.

Veja este artigo sobre a saúde do viajante.

7- Seguro de viagem

O mesmo se passa em relação ao seguro de viagem. Não o aconselho a viajar sem seguro, é estar a correr um risco desnecessário. Pode saber mais consultando este artigo.

8- Documentação

Lembre – se também da questão do passaporte e vistos de viagem. Em relação ao passaporte, tem que ter em atenção que há países que exigem uma validade mínima de seis meses à data de entrada. Tire uma fotocópia ao passaporte para andar consigo, ficando o original no cofre do hotel. O Espírito Viajante disponibiliza esta ferramenta onde pode pesquisar quais os países que precisam de visto de turismo ;).

[box][/box]

Passamos agora ao planeamento da viagem já no destino: Quantos dias de férias tem?

Faça um cronograma leve, um fio condutor para a sua viagem, anote lugares que quer visitar (museus, restaurantes, mercados locais e outros locais de interesse) e assim evita andar perdido quando chega, e não saber o que fazer… mas não planeie demasiado, deixe sempre algum espaço para a espontaneidade (então não sabe bem, estarmos sentados numa esplanada a beber um copo, a apreciar o ambiente, em total relax, uma espécie de dolce far niente, ou se de repente apetece-lhe ir para outra cidade, ou até ao país vizinho??).

O dia aproxima-se!

9- Mochila de viagem

Viaja com uma mochila pequena e leve (entre 25 a 40 litros). Viajar com muita bagagem restringe o teu movimento, e provoca desconforto. Embala apenas o necessário e está atento ao transporte de líquidos, géis e aerossóis devido às medidas de segurança. Podes ter mais informações nesta página.

10 – No aeroporto

Ok, chegou o dia!

Mais uma dica: apresente-se atempadamente nos balcões de check-in… para os voos internacionais um mínimo de 2 horas antes da partida e para voos domésticos cerca de 1h30. Lembre-se do tempo que perde na espera do check-in nos balcões, nos controlos de segurança, e as distâncias até à porta de embarque.

Uma boa viagem!!!

Facebook Comments

Comment on “Como planear uma viagem?”

  1. Viagem com bom planejamento é sempre uma viagem mais agradável. É OK deixar lacunas de um roteiro por programar depois, mas jamais chegar a um destino sem seguro saúde ou sem estar ciente dos seus relatórios de segurança. As de mais dicas também estão ótimas e certamente irão auxiliar outros viajantes. 🙂

Deixar uma resposta