Pelas Aldeias de Portugal: rota de 14 locais a visitar

Pelas Aldeias de Portugal: rota de 14 locais a visitar

Sempre me senti fascinado pelas aldeias rurais do Norte de Portugal. Adoro percorrer os seus velhos arruamentos feitos de calçada e admirar a perícia e sabedoria dos antigos pedreiros, que a partir do granito esculpiram verdadeiras obras de arte através da pedra de cantaria.

Aqui o sagrado é fundamental, qualquer destes povoados está sempre protegido por uma igreja, uma capela ou um cruzeiro, estruturas fundamentais para a celebração dos rituais religiosos que ainda hoje se mantêm vivos.

Visitar uma destas aldeias é reviver o passado, e por esse motivo foi criada uma rede designada de Aldeias de Portugal, que contempla alguns dos locais mais extraordinários do nosso país, autenticos tesouros escondidos que esperam pela sua visita. Vamos?

 

Quais são as Aldeias de Portugal?

As Aldeias de Portugal (não confundir com Aldeias Históricas de Portugal) é um projeto de promoção do Turismo Rural em território nacional levada a cabo pela Associação do Turismo de Aldeia (ATA) e as Associações de Desenvolvimento Local, além da contribuição de outros parceiros. São 83 aldeias que fazem parte deste conceito, abrangendo todos os distritos do Norte de Portugal e contando também com o de Aveiro. Saiba mais no site oficial das Aldeias de Portugal.

As aldeias que visitei

Apenas visitei 17 destas aldeias e algumas delas em momentos diferentes, portanto, tenho ainda um longo caminho a percorrer para explorar esta enorme rede temática ligada ao turismo rural. Apresento aqui a uma lista de 14 aldeias visitadas e os seus principais pontos de interesse. Espero que este artigo seja um importante contributo para lhe despertar a curiosidade e partir para a descoberta das Aldeias de Portugal!

 

1 – Castro Laboreiro (Melgaço)

A Aldeia de Castro Laboreiro está situada no coração da Serra da Peneda, concelho de Melgaço, e está recheada de património cultural e natural que pode e deve ser explorado.

O castelo é a principal atração, não só pela sua importância histórica e monumental, mas também pelo seu impacto visual. Existe um trilho pedestre que nos leva até este recanto ainda relativamente bem conservado, e apesar de ser um percurso de curta duração, iremos nos sentir numa outra dimensão temporal!

Castro Laboreiro - Aldeias de Portugal

 

2 – Lindoso (Ponte da Barca)

Lindoso é uma aldeia no concelho da Ponte da Barca e é muito conhecida pela sua riqueza patrimonial de grande valor onde figuram o castelo e o fabuloso conjunto de espigueiros, que muito valorizam este núcleo rural.

Os espigueiros concentram-se em volta de uma única eira, revelando desta maneira a importância do comunitarismo tão característico das populações da montanha.

Lindoso - Aldeias de Portugal

3 – Soajo (Arcos de Valdevez)

A aldeia do Soajo localiza-se na parte sudeste do concelho de Arcos de Valdevez, já inserida em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Dos locais a visitar destacam-se o Pelourinho, classificado como Monumento Nacional e o magnifico conjunto de espigueiros, classificado como Imóvel de Interesse Publico. São no total 24 espigueiros, cuja data de construção varia entre o séc. XVIII  e o séc. XIX.

Aldeia do Soajo - Aldeias de Portugal

 

4 – Sistelo (Arcos de Valdevez)

A Aldeia de Sistelo faz parte do município de Arcos de Valdevez, e para mim, é das aldeias mais deslumbrantes que vi até hoje, sobretudo pela beleza dos socalcos que a rodeiam. A construção destas plataformas surgiram pela necessidade de aumentar os espaços agrícolas e de oposição aos declives. É devido a estas características especiais do seu território, que Sistelo é conhecido como o Pequeno Tibete Português!

Sistelo - Aldeias de Portugal

5 – Cutelo (Terras de Bouro)

Cutelo é um pequeno povoado que se situado geograficamente nas vertentes da Serra Amarela  e administrativamente no concelho de Terras de Bouro. Esta aldeia apresenta como grande cartão de visita a capelaos espigueiros e o GR Trilho das Casarotas. Aproveite e dê um salto a Brufe que está apenas a 3 kms de distância.

Cutelo - Aldeias de Portugal

6 – Stª Isabel do Monte (Terras de Bouro)

Stª Isabel do Monte é uma aldeia situada na freguesia de Monte, município de Terras de Bouro. Se gosta de arquitectura vernacular como casas típicas e moinhos, este é um destino que não pode perder.

7 – Mixões da Serra (Vila Verde)

A Aldeia de Mixões da Serra localiza-se na freguesia de Valdreu, concelho de Vila Verde. Esta pequena aldeia desfruta de um enquadramento fantástico, numa linha que separa o mundo rural do ambiente de montanha.

O Santo António é o padroeiro de Mixões da Serra e em Junho aqui ocorre uma grande celebração religiosa que anualmente chama muitos crentes e turistas: a Benção dos Animais, uma tradição que remonta ao longínquo séc. XVII.

Mixões da Serra - Aldeias de Portugal

 

8 – Carreira (Póvoa de Lanhoso)

A Aldeia Turística da Carreira, no concelho da Póvoa de Lanhoso é o povoado de dimensões mais reduzidas desta lista, mas possui igualmente vários pontos de interesse. Além do núcleo antigo bem preservado, pode fazer o trilho Monte do Merouço, um percurso que nos leva aos caminhos dos pastores, ao contacto com a natureza e a biodiversidade.

 

9 – Agra (Vieira do Minho)

Agra é uma aldeia da freguesia de Rossas, Vieira do Minho, situada em plena Serra da Cabreira não muito longe da nascente do rio Ave. Visitar núcleo é uma bela experiência pois pode passear pelas calçadas antigas, ver os cruzeiros, a capela, os chafarizes e visitar a ponte medieval.

Agra - Aldeias de Portugal

 

10 – Busteliberne (Cabeceiras de Basto)

Busteliberne é uma das aldeias mais bem conservadas do concelho de Cabeceiras de Basto. Segundo o grande historiador do inicio do séc. XX Leite de Vasconcelos, este curioso topónimo terá derivado de Busto do Liberne (o liberne é uma espécie de gato selvagem). Devido ao seu valor arquitectónico, esta aldeia está protegida por um Plano de Pormenor.

 

11 – Vila da Ponte (Montalegre)

Localizada junto do rio Rabagão, a aldeia de Vila da Ponte ainda mantém o charme de um povoado genuíno, com a maioria das habitações a manterem a traça original. A ponte medieval, o conjunto de moinhos e o enorme espigueiro são outros pontos de interesse que vai adorar visitar.

Vila da Ponte - Aldeias de Portugal

 

12 – Lamas de Olo (Vila Real)

Inserida em pleno Parque Natural do Alvão, a aldeia de Lamas de Olo é um ponto turístico de referência da região transmontana. O aglomerado caracteriza-se pelo seu povoamento concentrado rodeado por lameiros de  regadio, e aqui tem inicio o belo trilho pedestre que vai até às Fisgas do Ermelo. A Albufeira do Alvão é outro ponto de interesse que fica nas redondezas.

 

13 – Montesinho

A aldeia de Montesinho situa-se no nordeste transmontano a apenas 1 km da fronteira espanhola. É uma aldeia muito rústica, já que as habitações caracterizam-.se pelas fachadas em granito e os telhados cobertos por lousa. Na minha passagem por Montesinho tive a oportunidade de fazer o Trilho Porto Furado, um percurso com cerca de 8km, que teve como pontos altos a observação de algumas aves e a visita à barragem da Serra Serrada. Não esquecer também a visita ao Núcleo Interpretativo.
Montesinho - Aldeias de Portugal

 

14 – Bemposta

Bemposta é uma aldeia raiana localizada em pleno Parque Natural do Douro Internacional, no concelho de Mogadouro. Além da sua localização geográfica privilegiada, dominante sobre o vale do Douro, possui um vasto património arquitectónico e arqueológico que reflete a importância histórica desta povoação. Para além do importante núcleo histórico da aldeia, destacam-se o pelourinho, o Castro de Oleiros, a Igreja Matriz, o Miradouro e a Barragem de Bemposta.

 

ORGANIZAR A SUA VIAGEM

ALOJAMENTO 



Booking.com

 

ALUGAR CARRO

Reserve aqui o seu automóvel 

 

SEGURO DE VIAGEM

Faça aqui o seu seguro de viagem 

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email.

 

Mapa – Pelas Aldeias de Portugal

Facebook Comments

Pedro Henriques

Blogger de Viagens

12 opinions on “Pelas Aldeias de Portugal: rota de 14 locais a visitar”

  1. Portugal segue me encantando com tantos lugares lindos! Esses lugares menos ‘famosos’ são exatamente os que mais me encantam! ando com vontade de passar uns 30 dias perdida por essas estradas!

  2. nossa, que lindas essas aldeias! Você nos mostrou 14 pérolas de Portugal. Seriamente considerando passar um tempo no norte de Portugal explorando essas belezinhas.

  3. Olá, Pedro Henrique! Que demais essas aldeias de Portugal. Não vejo a hora de conhecer esse país que tanto gosto da cultura e gastronomia. Me diga uma coisa, quantos dias preciso para conhecer essas aldeias? É melhor alugar um carro? Bjs, Ju.

  4. Parabéns pela selecção. Este é um roteiro muito pitoresco e nada turístico. Adoro a benção dos animais da freguesia de Valdreu.
    Abraço

Deixar uma resposta