5 coisas para fazer na Beira Interior

5 coisas para fazer na Beira Interior

A Beira Interior é uma região de Portugal com limites naturais bem definidos, sendo banhada por três dos principais rios portugueses, o Douro, o Tejo e o Mondego abrangendo as serras da Estrela, da Gardunha, de Alvelos e da Malcata, que conferem a esta região uma imagem maioritariamente de relevo acidentado. 

Esta região tem no seu património natural uma das maiores riquezas e potencialidades. Na zona norte da região, situa-se o Parque Natural do Douro Internacional e aqui se situa também a maior área protegida do país, o Parque Natural da Serra da Estrela, que inclui espécies de fauna e flora únicas no país.

Se vai viajar para esta região de Portugal, o Espírito Viajante deixa neste artigo um mini-guia de actividades que pode fazer, tendo em conta importantes aspectos como a natureza, o património e a gastronomia.

DSC01554
Rio Côa

Aqui ficam 5 coisas para fazer na Beira Interior

1 – Subir ao Topo da Serra da Estrela

É o ponto mais elevado de Portugal Continental (1993m) e é conhecido pelas suas paisagens fabulosas. Na Torre, situa-se a única estância de esqui natural do país. Junto da torre existe um pequeno estabelecimento comercial onde podemos comprar produtos locais como queijo, mel, fumeiro, broas, licores entre outras delicias!

DSC02034

2 – Vale Glaciar do Zêzere em Manteigas

Esta dádiva da natureza foi um dos finalistas das 7 maravilhas naturais de Portugal e é um dos maiores vales glaciares da Europa! O Vale Glaciar do Zêzere possui forma de “U” e faz-se percorrer ao longo de 13 km pelo seu interior ao longo da Rota do Glaciar, desbravando um caminho de singular beleza, onde no fundo do vale ainda é possível avistarmos os rebanhos e pastos verdejantes!

DSC02057

3 – Visitar as Aldeias Históricas

Uma das maiores riquezas culturais desta região é sem duvida a rede de Aldeias Históricas de Portugal. São 12 Aldeias que transbordam história e estão espalhadas por vários concelhos sendo que cada aldeia possui um ADN único. Cada uma tem as suas raízes, as suas tradições, o seu património e as suas gentes, e tiveram um papel fundamental na afirmação na soberania de Portugal. Visitar tudo de uma vez é difícil, mas pode escolher sempre 3 ou 4, por exemplo começar em Trancoso, Almeida, Castelo Mendo e acabar na Sortelha.

 DSC01884

Aldeia de Monsanto

Igreja de Stª Maria do Castelo

Aldeia de Castelo Mendo

4 – Admirar a arquitectura da Sé da Guarda

É uma das Catedrais mais importantes e imponentes de Portugal. Este monumento construído no final do séc. XIV está classificado como Monumento Nacional, e a nível arquitectónico reveste várias tipologias, desde o românico, ao gótico, ao manuelino e mesmo ao barroco. Toda esta panóplia de estilos arquitectónicos, às mãos dos vários mestres pedreiros e soberanos (desde D. João I ao D. João III) fazem desta Catedral um símbolo desta região e um local obrigatório de visita 😉

DSC01611

Sé da Guarda

5 – Almoçar no “Albertino” em Folgosinho, Gouveia

Para acabar em beleza, tinha que falar na gastronomia, não é? Na aldeia de Folgosinho, concelho de Gouveia existe um local muito conhecido pela oferta gastronómica de qualidade: o Albertino. Esta tasquinha propõe aos clientes 2 tipos de refeições: a normal do dia (custa cerca de 8 euros) ou a especial (por 15 euros) 😉 Escolha a especial, claro! Nesta ementa temos ao dispor as entradas (queijos e doces) e 4!! pratos principais: feijoada de javali, cabidela de coelho, leitão e cabrito assado. No final, temos sobremesas como arroz doce, queijo da serra e doce. Uma maravilha, recomenda-se.

DSC02113

E você?

Tem outras actividades na Beira Interior para partilhar? Comente este post :)

Informações úteis

Alojamento na Beira Interior Norte

Alojamento na Beira Interior Sul

Mapa da Beira Interior

Facebook Comments

Deixar uma resposta