Viajar com crianças em Roma

10 destinos para viajar com crianças

10 destinos para viajar com crianças

Viajar com crianças é uma experiência única e gratificante. Partilho da opinião do viajante e escritor José Luís Peixoto quando afirma: “aquilo que quero deixar aos meus filhos são viagens. Como outros acumulam imobiliário e bens, quero que sejamos capazes de acumular momentos e lugares onde estivemos vivos e juntos”.

No entanto, as viagens requerem alguma logística e planeamento, especialmente se viajarmos com crianças mais pequenas ou bebés, como é o meu caso.

Na hora de escolher o destino, existem alguns aspectos que tenho sempre em atenção como os níveis de segurança, a duração dos voos, o tipo de alimentação disponível e sobretudo a qualidade dos serviços de saúde.

Partilho neste artigo as viagens que fiz com o meu filho até aos 20 meses de idade  para ajudar os leitores, que tenham bebés, a escolher possíveis destinos para viajar.

 

1 – Douro Vinhateiro

A primeira viagem com o meu filho foi ao Douro Vinhateiro, tinha na altura apenas 3 meses. Para nós, parecia-nos ainda um pouco cedo para o colocar no avião dada a logística intrínseca a esta idade, como por exemplo a babycoque. Optamos então por uma roadtrip de alguns dias a uma das mais belas regiões de Portugal. A viagem decorreu sem sobressaltos e até fizemos um cruzeiro no Douro num dos barcos rabelos.

Douro Vinhateiro Portugal Turismo viajar com crianças

À entrada do Museu do Douro em Peso da Régua – Viajar com crianças

 

Quinta no Douro Vinhateiro

Na Quinta do Bomfim na vila do Pinhão 

 

2 – Ilha da Madeira

Aos 6 meses de idade voamos para a Madeira. Foi a sua primeira viagem de avião e acabou por ser mais fácil que nós pensávamos. A Madeira é um destino excelente para levar os bebés e crianças em geral, devido ao clima agradável, à gastronomia e às paisagens fabulosas. A facilidade de encontrar os produtos (alimentares/farmacêuticos) que a criança necessita nesta idade é uma mais valia, não sendo preciso encher a bagagem com coisas que pode comprar lá. Na cidade do Funchal é muito fácil passear com o carrinho, principalmente na marginal que é caracterizada por grandes jardins e zonas planas. Conhecer o resto da ilha é perfeitamente viável, porque deslocamo-nos de carro até aos principais pontos de interesse, não sendo todavia possível fazer as famosas levadas.

Visitar Funchal Madeira com crianças

Passeio no centro histórico do Funchal – Viajar com criançasViajar na Madeira com crianças e bebés
 

3 – Lisboa

Hoje em dia, graças aos preços praticados pelas companhias aéreas, é preferível viajar para Lisboa de avião do que de carro ou comboio, sobretudo pela comodidade e a duração da viagem que não ultrapassa os 45 minutos. Tal como na Madeira, o facto de ser território português facilita a aquisição de produtos sem ter que andar de bagagem carregada. Na comida, a mesma situação, pode encontrar sopa em qualquer restaurante. É muito fácil andar em Lisboa, sobretudo de metro e autocarro. Andamos por quase toda a cidade e a subida ao Castelo de S. Jorge não foi uma tarefa assim tão árdua, embora seja mais cómodo e relaxado andar na baixa da cidade e na zona de Belém.Mosteiro dos Jerónimos Lisboa

Mosteiro dos Jerónimos – Viajar com crianças

Torre de Belém em Lisboa

A zona de Belém é excelente para passear com crianças e bebés

4 – Cracóvia

Cracóvia será sempre uma cidade especial porque foi o primeiro destino, fora de Portugal, que visitamos com o nosso bebé. A capital cultural da Polónia é um bom destino para viajar com a família. Muito segura, baratatranquila e dotada de um espaço verde (Planty) à volta do centro histórico, que torna aprazível o passeio ou simplesmente admirar o castelo, que surge destacado sob a colina. Aqui é mais difícil encontrar sopas e produtos de marcas que nos são conhecidas e as legendas raramente estão em inglês, mas nada que um tradutor online não resolva. Destaco pela positiva as acessibilidades, principalmente para quem usa o carrinho de bebé, nomeadamente no acesso à estação onde estão disponíveis vários elevadores.

Visitar Polónia com crianças Visitar Cracóvia, capital cultural da Polónia

Viajar com crianças e bebésPassear no Planty em Cracóvia – Viajar com crianças

 

5 – Roma

O bebé tinha 13 meses quando visitamos a cidade eterna no Verão passado, para uma escapadela de 2 dias. Basicamente, o único constrangimento que tivemos em Roma foi na visita ao Coliseu e ao Monte Palatino, em que foi necessário subir vários degraus com o carrinho. Existem muitas ruas na capital italiana fechadas ao transito, o que possibilitou que o bebé andasse a pé, tranquilamente, sem ter que estar sempre no carrinho ou ao colo. No entanto, existem algumas zonas com excesso de turistas, como por exemplo a Fontana de Trevi, e ter o carrinho é uma mais valia para nos deslocarmos a estas áreas. Utilizamos metro e comboio sem qualquer problema. Como é um destino familiar, acabou por ser uma viagem tranquila onde podemos desfrutar de tudo que a cidade nos pode oferecer.

Viajar com crianças em RomaNo Vaticano – Viajar com crianças

Visitar o Coliseu em RomaVisitar o Coliseu é uma experiência poderosa

 

6 – Dubrovnik

De Roma seguimos para Dubrovnik, cidade situada na costa do Mar Adriático, no sul da Croácia. Este destino está muito em voga por ser um dos locais de eleição da série “Guerra dos Tronos”. Além do centro histórico classificado como Património da Humanidade, podemos relaxar nas suas praias de águas cristalinas, embora o areal seja constituído por areia grossa ou pedras de pequena dimensão, o que não é muito confortável para as crianças. De qualquer forma este problema resolve-se com o uso de sandálias. Na zona de Lapad, onde ficamos alojados, existe um trilho junto ao mar que é simplesmente magnífico. Relativamente à alimentação, como é de base mediterrânea, tanto nos restaurantes como nos supermercados, não tivemos qualquer problema.

Viajar com criançasNa baía de Lapad, Dubrovnik -Viajar com crianças 

Croácia viajar com crianças

 

7 – Mostar

A pouco mais de 100 km de distância de Dubrovnik encontra-se Mostar, cidade histórica da Bósnia-Herzegovina. Existem várias formas de fazer esta viagem: day tours, transporte público ou carro alugado. Mostar tem uma enorme carga simbólica, primeiro pela violência a que foi sujeita durante  o cerco na Guerra dos Balcãs e segundo porque é uma cidade dividida pela religião, na parte oeste, os cristãos e na parte oriental os muçulmanos. Essa divisão é feita pelo monumento mais famoso da Bósnia, a Ponte Stari Most. O centro histórico é muito pitoresco, mas as ruas são feitas com seixos, o que dificulta a mobilidade do carrinho. Mas, tirando esse pormenor, recomendo vivamente este destino.
Mostar Bosnia Turismo A famosa Stari Most em Mostar

Viajar na Bósnia Passear no centro histórico de Mostar

8 – Kotor

Esta viagem à zona dos Balcãs terminou com uma ida a Montenegro. Neste pequeno país que alcançou a independência há pouco mais de 10 anos, visitamos Kotor, uma vila medieval muito semelhante a Dubrovnik, que fica inserida na Baía de Kotor, no sul de Montenegro. É muito agradável passear pelo centro histórico que nos transporta para cenários verdadeiramente cinematográficos. Por um lado, ficamos impressionados pelas poderosas muralhas que envolvem a cidade velha e por outro, lá em cima, as montanhas e ravinas que ficam em seu redor. A mobilidade aqui não é problema, tal como a questão de alimentação para o bebé.
Kotor Montenegro Viajar com crianças

Centro Histórico de Kotor Visit KotorPassear no centro histórico de Kotor – Viajar com crianças

9 – Zurique

Viajamos para Zurique no início de Dezembro. A maior cidade da Suiça é um destino a ter em conta para viajar em família. Muito limpa, segura e organizada. O único problema é mesmo o custo de vida, um dos mais altos da Europa. Destaco os vários espaços verdes espalhados pela cidade, onde as crianças podem andar a brincar e a correr à vontade. Não perca os Mercados de Natal, as crianças ficam fascinadas com as decorações coloridas, os sons das músicas e maravilhadas com as pistas de gelo.
Viajar em Zurique SuiçaBrincadeira no Parque Lindenhof em Zurique – Viajar com crianças

Mercados de Natal na Suiça ZuriqueNo Mercado de Natal de Zurique

10 – Ilha Terceira, Açores

A ilha Terceira nos Açores foi um destino muito agradável que adoramos visitar pelas experiências visuais. O nosso filho já tinha 20 meses e a noção do que o rodeia é muito maior. Durante o passeio pela ilha, a presença de vacas é constante e não sendo um animal com o qual contacta frequentemente, foi muito gratificante ver a alegria dele cada vez que estava perto delas. É um destino muito tranquilo com zonas de lazer especificas para crianças, o que facilitou a não estar sempre dentro do carro. Realço também o Monte Brasil, onde foi possível contactar muito perto de animais exóticos como a arara, os pavões, os gamos, entre outros.

Turismo nos Açores com bebés

Viajar nos Açores com crianças

Viajar com crianças nos AçoresGamos no Monte Brasil

ORGANIZAR A SUA VIAGEM

ALOJAMENTO

Reserve aqui alojamento em Lisboa


Booking.com

ALUGAR CARRO

Reserve aqui o seu automóvel 

 

SEGURO DE VIAGEM

Faça aqui o seu seguro de viagem 

Precisa de ajuda para elaborar um roteiro? Entre em contacto comigo por email.

Facebook Comments

Pedro Henriques

Blogger de Viagens